Bom dia! Sexta-feira, 10 de abril de 2020

Comitê Gestor anuncia nova presidenta

Postado em 22/01/2020 as 16:56:41

Por Élida Galvão

| Planejamento estratégico orienta as ações do Fundo Dema para os próximos três anos

No período de 13 a 16 de janeiro, o Comitê Gestor do Fundo Dema esteve reunido para realizar o planejamento estratégico de suas ações para os próximos três anos. A atividade contou com a participação do consultor Luciano Padrão, responsável pela facilitação da atividade, e Maria Emília, do Grupo Nacional de Assessoria (GNA), da Federação de Órgãos Para Assistência Social e Educacional (FASE).

O 'Seminário de Planejamento Estratégico do Fundo Dema' foi marcado por diálogos sobre perspectivas e desafios a serem suplantados em defesa da justiça socioambiental, por meio do apoio a projetos comunitários e coletivos. Durante a semana, os representantes do Comitê Gestor puderam refletir sobre o papel do Fundo Dema na sociedade e de que forma pode contribuir para a transformação de comunidades e grupos sociais com os quais atua, entre eles indígenas, quilombolas, agricultores familiares e agroextrativistas.

Um dos pontos destacados durante o Seminário foi a autonomização dos Fundos Quilombola, que passa a ser denominado Mizizi Dudu, cuja tradução significa raiz negra, e o Fundo Luzia Dorothy do Espírito Santo. Ambos se encontram neste processo de mobilização e construção da autogestão, no entanto, seus representantes pontuaram que não pretendem se desvincular por completo do Fundo Dema neste momento inicial, dada a importância e a necessidade de amadurecer o processo de autonomização durante este trienal.

"Já foi feito um plano de trabalho que avançou muito. Foi garantida a revisão do Comitê Gestor e do regimento. Entraram mais duas entidades no Fundo Quilombola, o CEDENPA [Centro de Estudo e Defesa do Negro no Pará] e Rede Bragantina. (...) Se autonomizar desse processo não significa necessariamente sair do Fundo Dema nesse primeiro momento, mas primeiramente se fortalecer", disse Simy Corrêa, coordenadora adjunta do Fundo Dema, que vem acompanhando a autonomização do Fundo Quilombola.

Nova presidência

| Graça Costa (amarelo) é a nova presidenta do Comitê Gestor do Fundo Dema

Depois de voltar a atenção ao planejamento estratégico, no dia 17 de janeiro, o Comitê Gestor realizou a primeira reunião ordinária do ano. Entre as pautas discutidas, oficializou a mudança na representatividade do Comitê Gestor, que agora conta com a educadora da FASE Graça Costa na presidência. Matheus Otterloo, que ocupou o cargo desde a origem do Fundo Dema, passa para a assumir a função de assessor, continuando a contribuir politicamente na atuação do Fundo.

Com uma longa trajetória na educação popular e no movimento feminista, Graça Costa foi legitimada por unanimidade por todos os membros do Comitê Gestor para assumir o cargo. "Eu fui convidada pela direção da FASE para assumir a continuidade dessa função que Matheus tão bem desempenhou nesses 16 anos à frente do Fundo Dema (...). Aceitei o desafio, me coloquei à disposição e quero dizer que mesmo diante essa conjuntura adversa que estamos vivendo (...), sou otimista e coloco esse otimismo para circular entre nós, à disposição desse processo. Minha expectativa é permanecer nessa função como representante da FASE no Comitê Gestor durante este trienal e que a gente já vá vislumbrando mudanças e trazendo nossas forças às organizações que representam o Fundo Dema", disse a nova presidenta em meio à sucessão.




Fonte: Fundo Dema

Rua Bernal do Couto, 1329, bairro: Umarizal, CEP: 66055-080 - Belém/PA
Tel.: (91) 4005-3751 / (91) 4005-3755| E-mail: fundodema@fase.org.br
CNPJ: 33.700.956/0004-06